quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Qual o Significado de         Circuncisão Na Bíblia  


Significado de Circuncisão Na Bíblia
Vemos na bíblia que o significado da circuncisão é muito maior do que um simples corte na pele, a circuncisão representava uma aliança que Deus fez com o povo através de Abraão.

Deus mandou que Abraão e seus descendentes guardassem a aliança da circuncisão:
“Todo macho entre vós será circuncidado. Circuncidareis a carne do vosso prepúcio; será isso por sinal de aliança entre mim e vós” (Gênesis 17:10-11)

A lei da circuncisão foi dada a Abraão quando ele tinha 99 anos de idade. Circuncisão era a cerimônia onde era cortado o prepúcio, que é a pele que cobre a cabeça do órgão genital masculino. Esse procedimento é algo bem parecido com a cirurgia de fimose realizada atualmente, veja a foto abaixo:

O que é Circuncisão(Fimose)

A circuncisão era uma marca física que identificava o povo de Deus, além disso a circuncisão foi associada a duas das grandes promessas:
  1. Ele faria uma grande nação dos descendentes de Abraão
  2. Daria-lhes uma terra como herança.

Mesmo aos 99 anos Abraão foi circuncidado e Deus ordenou que ele circuncidasse todos meninos no 8º dia da vida:
“O que tem oito dias será circuncidado entre vós, todo macho nas vossas gerações…” (Gênesis 17:12)
A circuncisão era a única marca que o povo de Deus tinha até que Deus entregou os 10 mandamentos a Moisés(que quase foi morto pelo próprio Deus por não ter circuncidado seus filhos) e partir dai além da circuncisão também era necessário obediência aos 10 mandamentos.

Os incircuncisos não participavam das promessas de Deus. Não faziam parte do povo escolhido, Israel. Homens de outras nações passavam a participar dos privilégios dos judeus somente quando circuncidados.
"Porém se algum estrangeiro se hospedar contigo e quiser celebrar a páscoa ao Senhor, seja-lhe circuncidado todo o homem, e então chegará a celebrá-la, e será como o natural da terra; mas nenhum incircunciso comerá dela." Êxodo 12:48
A circuncisão também era realizada nos escravos que não tinham o sangue Israelita(Judeu), mas que faziam parte do povo.
“todo macho nas vossas gerações, tanto o escravo nascido em casa como o comprado a qualquer estrangeiro, que não for da tua estirpe. Com efeito, será circuncidado o nascido em tua casa e o comprado por teu dinheiro; a minha aliança estará na vossa carne e será aliança perpétua.” Gênesis 17:12-13

Judeus que negligenciavam este mandamento do Senhor não podiam participar das festas especiais que Deus lhes deu.

A circuncisão era tão importante ao povo que Deus não permitiu que eles entrassem na terra prometida. Por que...
  1. Eles não haviam praticado a circuncisão no caminho (Josué 5:7).
  2. Era necessário fazer a circuncisão de todos os machos (Josué 5:8).
  3. Somente depois de cumprir esta ordem, eles podiam celebrar a Páscoa, a festa que os lembrou da salvação da nação das mãos dos egípcios (5:10).
  4. No dia seguinte, começaram a comer do fruto da terra prometida (Josué 5:11-12) e, logo em seguida, começaram a conquistar a terra.
Estes fatos, relacionados às promessas da nação e da terra, reforçam o significado original da circuncisão.

O Que Significa a Circuncisão No Novo Testamento


No Novo Testamento, a palavra circuncisão era usada para identificar aqueles que eram Israelitas(Judeus).

Na igreja primitiva, os apóstolos tiveram diversas controvérsias sobre a circuncisão. Alguns judeus convertidos a Cristo achavam que todos os homens teriam que ser circuncidados para participarem das bênçãos em Cristo, mas Deus nunca disse que as bênçãos espirituais em Cristo dependem da circuncisão da carne.

Paulo e outros discípulos resistiram a essas idéias, e pregaram a salvação pela fé para todos, tanto judeus quanto gentios:
"Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.
É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente,
Visto que Deus é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão." Romanos 3:28-30
"Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará." Gálatas 5:2

"Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor." Gálatas 5:6

"Eu, porém, irmãos, se prego ainda a circuncisão, por que sou, pois, perseguido? Logo o escândalo da cruz está aniquilado." Gálatas 5:11
"Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo, e em todos." Colossenses 3:11

Circuncisão No Coração


Hoje o significado da circuncisão é ainda mais profundo já que agora somos circuncidados não mais na carne mas no coração.
A circuncisão no coração representa nossa conversão genuína, através da nossa fé e obediência a Jesus. Graças a Jesus hoje não precisamos mais marcar nossa carne, mas sim nosso coração!
“Pelo contrário, o verdadeiro judeu é aquele que é judeu por dentro, aquele que tem o coração circuncidado; e isso é uma coisa que o Espírito de Deus faz e que a lei escrita não pode fazer…” (Rm 2. 29 – NTLH)
Embora a circuncisão não tenha valor religioso hoje, ainda aprendemos lições importantes das instruções dadas aos judeus. No ato da circuncisão, eles se tornaram distintos, e Deus removeu o “opróbrio” do pecado (Josué 5:9). Hoje, ele remove o pecado na circuncisão espiritual quando somos sepultados com Cristo no batismo (Colossenses 2:11-13).
“Porque nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos a Deus no Espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne” (Filipenses 3:3).
“Pois nem a circuncisão é coisa alguma, nem a incircuncisão, mas o ser nova criatura” (Gálatas 6:15).

Bônus: Doenças Prevenidas Pela Circuncisão

Se nós pensarmos no contexto de higiene e saúde da epoca que a circuncisão foi instituida por Deus, podemos ver que os planos se Deus vão muito além dos nossos. Atualmente, foi descoberto que a circuncisão pode reduzir os riscos de diversas doenças em homens. Abraão e seu povo viam apenas uma aliança com Deus, mas através dessa aliança Deus garantia uma melhor saúde para aquele povo, que no contexto da época sem os avanços atuais da medicina, com certeza sofriam muito com doenças.

Veja alguns benefícios trazidos pela circuncisão:
  • Diminui a incidência de câncer de pênis
  • Diminui o risco de doenças sexualmente transmissíveis e AIDS
  • Diminui o risco da esposa ter câncer de colo de útero - discutível
  • Diminui o risco das inflamações no prepúcio e na glande (postite e balano-postite)
  • Acaba com o risco da parafimose
  • A circuncisão acaba com a posterior necessidade de tratamento cirúrgico da fimose aos 6 - 8 anos de idade 

MOVIDOS PELO ESPÍRITO

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

MOVIDOS PELO ESPÍRITO 

Lc. 2:25-35



INTRODUÇÃO: O Espírito Santo tem uma grande obra para realizar na vida de todo o crente! O grande problema é que estamos fechados e travados para deixarmos que a operação do Espírito tenha um curso determinante e decisivo em nossas vidas, pois muitos não O conhecem e nem o experimentam, mas apenas ouvem falar dEle sem desenvolver esta intimidade e profundidade relacional om Ele.
Simeão é um exemplo de pessoa que é dirigida e abençoada pelo Espírito Santo, que se revela a ele e o move para ir ao templo quando o menino Jesus era dedicado por isso diante da experiência de Simeão somos levados a perguntar sobre quem de fato move as nossas vidas! Quem move a sua vida? Podemos aprender com a narrativa que:

É O ESPÍRITO SANTO QUE MOVE O HOMEM E PRODUZ AS GRANDES BÊNÇÕES DE DEUS EM SUA  VIDA
ALGUMAS DESTAS GRANDES BÊNÇÃOS PRODUZIDAS PELO ESPÍRITO SANTO NA VIDA DO HOMEM

I-                   O ESPÍRITO SANTO PRODUZ TRANSFORMAÇÃO DE PECADORES EM JUSTOS (V 25)
ü  Só o Espírito Santo transforma homens pecadores em homens justos e tementes a Deus (Jo. 16:8)
ü  As marcas do pecado fazem o homem impotente quanto a viver uma vida justa (Rm. 7:14)
ü  Não existe nenhuma solução humana eficiente para recuperar gente delinquente
ü  A bíblia nos revela que o Espírito Santo é o remédio para todo mau comportamento (Rm. 8:13-14)
ü  Quando o Espírito Santo entra na vida de uma pessoa Ele conduz ao centro da vontade de Deus (Ez. 36:26-27)

II-                 O ESPÍRITO SANTO PRODUZ CONSOLO E ESPERANÇA (V 25 B – 26)
ü  Havia uma expectativa em Simeão em relação a vinda do Messias para Israel
ü  O Espírito Santo revela que ele não morreria antes de ver a promessa cumprida
ü  O Espírito Santo deu a Simeão um consolo especial em relação às suas perspectivas e expectativas
ü  O Espírito Santo é capaz de alimentar nossa alma em consolo e esperança como fez com Simeão (Jo. 16:7) (eu não morrerei sem antes ver o Messias)
ü  Jesus afirma que o Espírito Santo é o nosso consolador sempre presente (Jo. 14:16)

III-              O ESPÍRITO SANTO PRODUZ REVELAÇÃO DOS PLANOS DE DEUS AO HOMEM (V 26)
ü  Quem não tem o Espírito Santo não usufrui o privilégio de conhecer os planos de Deus para si
ü  Mas, os que têm intimidade com Ele vivem tranquilos e seguros nas promessas do Pai (Rm. 8:14)
ü  Simeão vivia dirigido por uma promessa de ver a salvação revelada
ü  Aquele que é fiel sabe que o Deus fiel revela os seus mistérios aos seus filhos (Sl. 25:14; Am. 3:7)
ü  O Espírito Santo sempre revela as profundezas de Deus aos que o são fiéis.

IV-               O ESPÍRITO SANTO PRODUZ A APROXIMAÇÃO DO HOMEM AO SALVADOR (V 27)
ü  Foi o Espírito Santo quem conduziu Simeão ao templo para contato com a promessa
ü  Somente o Espírito pode nos conduzir até o soberano Senhor e salvador (Jo. 16:13)
ü  Imagine a diversidade de crianças apresentada no templo e o Espírito Santo revela entre as muitas a Simeão o salvador
ü  Dentre a gana de opções espirituais oferecidas por aí, saber qual é a certa somente pelo Espírito
ü  As pessoas têm suas dificuldades em dois sentidos: cegueira e morte espiritual (II Co. 4:4; Rm. 3:23; 6:23)
ü  Veja o que o Espírito Santo pode fazer na vida de uma pessoa (Rm. 8:6, 14; II Pe. 1:21; I Jo. 3:24)
CONCLUSÃO: O Espírito Santo na vida de Simeão foi consolo, guia discernimento e agente de mudanças e transformações. Isto comprova que Ele é o maior tesouro que alguém pode ter neste mundo. A leitura de hoje nos possibilita também saber que sem o Espírito Santo a vida é uma aventura com fim trágico

VOCÊ TEM UMA VIDA CORRIDA?

quarta-feira, 2 de julho de 2014

VOCÊ TEM UMA VIDA CORRIDA?

Você tem uma vida corrida?
Como a vida é corrida! Acordamos pela manhã, escovamos os dentes, tomamos café, saímos para trabalhar, estudamos, dormimos novamente...e nisso já se foi um dia, de vários! Não julgo que todos sejam assim, mas escrevo isso porque vejo que essa é a rotina da maioria e penso que muitas vezes nossas expectativas de vida correspondem as exigências das pessoas ou do nosso próprio processo como ser humamo: nascer, crescer, desenvolver e morrer. A verdade é que sempre queremos cumprir isso da melhor maneira possível, ser tudo o que poderíamos ser e fazer tudo o que queremos fazer.
E Jesus? Onde fica nessa história?

Talvez pensamos em Jesus como um amuleto da sorte que só tem utilidade quando estamos em situações embaraçosas pois, do contrário, o deixamos guardado na gaveta por tempos e tempos, e somente eventualmente nos recordamos de sua existência. Será que foi para isso que Ele nos criou? Para vivermos amarrados aos nossos próprios interesses egoístas e julgos? Acho que não, né?!

Acontece que perdemos a essência, a simplicidade de viver, caímos no “mesmo”, e o pior é que esquecemos de Deus. Afinal, é Ele que nos faz andar em novidade de vida, é Ele que faz todas as coisas novas, com Ele não há rotina. Seu Amor nos conduz a uma alegria constante(e isso não se compra!). Ás vezes, então, é necessário organizar ou “desorganizar” algumas coisas, vestir novos conceitos, aceitar novas mudanças, deixar o Espírito do Pai nos guiar em seu propósito, e viver a sua palavra. Já temos uma causa para viver, uma causa para lutar.. Jesus nos entregou isso! Viva a vida que Deus te deu. Mude!
“De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.” Romanos 6:4

Você tem dado tempo para Deus na sua vida?

UM SINAL DA MINHA ALIANÇA

sexta-feira, 27 de junho de 2014

UM SINAL DA MINHA ALIANÇA...

"Após uma chuva forte, Pedro olha para o céu e fala: - Olha mãe! Olha, olha! Um arco-íris!
A mãe olha para o alto e responde: - Verdade filho. Um arco-íris! Lindo não.Pedro ainda olhando para o céu fala: Muito lindo mamãe! Mas o que é o arco-íris?A mãe pensa um pouco e responde: É um sinal do cuidado de Deus para conosco filho..."

Olá pessoas =]
Gostaram da minha estorinha para a introdução? rs
Quantas vezes olhamos o arco-íris apenas como um amontoado de cores que acontece por um fenômeno causado pela dispersão da luz do sol que sofre refração pelas gotas de chuva? (Me senti uma física agora hehe)
Olhamos para o alto e aquele arco lindo aparece onde antes estava um céu cinza e chuvoso, e pensamos: Olha que lindo! e esquecemos do real significado dele... 
Ele não é só esse fenômeno ou um indicador que a chuva passou... ele significa bem mais que isso, ele é o sinal colocado no céu por Deus para indicar a aliança que ele fez conosco há tempos atrás.
E Deus prosseguiu: "Este é o sinal da aliança que estou fazendo entre mim e vocês e com todos os seres vivos que estão com vocês, para todas as gerações futuras:
o meu arco que coloquei nas nuvens. Será o sinal da minha aliança com a terra.
Quando eu trouxer nuvens sobre a terra e nelas aparecer o arco-íris,
então me lembrarei da minha aliança com vocês e com os seres vivos de todas as espécies. Nunca mais as águas se tornarão um dilúvio para destruir toda forma de vida.
Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembrarei da aliança eterna entre Deus e todos os seres vivos de todas as espécies que vivem na terra".
Gênesis 9:8-16
Que a partir de agora, toda vez que vermos um arco-íris possamos lembrar, que por mais que os anos passem, Deus tem um cuidado conosco e o arco dEle está ali, como um lembrete de Estou contigo! E não me esqueço da aliança que fiz com vocês. Deus é o mesmo sempre e nunca esquece de suas alianças e promessas.

Qual foi a última vez que você olhou realmente para um arco-íris? 
quarta-feira, 18 de junho de 2014

RACHADURAS


Olá pessoas =]
Hoje, quando abri o face, me deparei com uma frase de um dos livros de John Green, Cidades de papel.... e pensei, pensei e pensei: Não é que é verdade!
Talvez seja mais como o que você falou antes, rachaduras em todos nós. Como se cada um tivesse começado como um navio inteiramente à prova d’água. Mas as coisas vão acontecendo… as pessoas se vão, ou deixam de nos amar, ou não nos entendem, ou nós não as entendemos… e nós perdemos, erramos, magoamos uns aos outros. E o navio começa a rachar em determinados lugares. E então, quando o navio racha, o final é inevitável. John Green
Diariamente vemos, passamos, enfrentamos decepções, magoas, raiva.. Somos atacados ou atacamos alguém, gerando marcas, feridas, rachaduras em nosso "casco"
É para refletir né?
Errar é humano! Sim é verdade, todo mundo sabe, mas muitas vezes usamos isso como apenas desculpa, para não nos repararmos.
É inevitável algumas vezes, na verdade, muitas vezes magoarmos, machucarmos as pessoas a nossa volta, intencionalmente ou não... pensamos que vamos nos sentir melhor dando o troco ou ignorando ou não dando a importância devida ao fato e não percebemos que estamos abrindo rachaduras nelas e/ou aumentando as nossas.
Uma ferida não sarada pode infeccionar, uma rachadura em um barco pode ser o seu fim, fazendo com que ele naufrague...comece a prestar mais atenção nas suas atitudes, coloque-se no lugar do outro... Como as escrituras ensinam Amem o seu próximo; mesmo que seja você o prejudicado, perdoe... a magoa só fará as coisas piorarem e a rachadura aumentar. Livre-se de bagagens e pesos desnecessários, busque no Senhor a sua liberdade e peça que Ele te ensine a perdoar, a amar e a se importar.

Que tal hoje você começar a consertar suas rachaduras? Conheço um carpinteiro que pode fazer uma reforma que fará seu barco parecer um grande navio rs 
segunda-feira, 16 de junho de 2014

Festa junina e sua suposta inofensiva ação do Corpo de Cristo dá sustentação à idolatria


Imagem
A origem das celebrações juninas remonta aos antigos rituais pagãos. No Hemisfério Norte, o mês de junho é o período de solstício de verão. Nessa época, especialmente nos dias 21 a 24, egípcios, sumérios, romanos, bascos e celtas invocavam a fertilidade através de rituais a deuses.
Na mitologia romana, pagãos prestavam culto à deusa Juno, cujos festejos eram denominados junônias, adaptado no Brasil para junina. Os primeiros registros por aqui datam de 1603, pelo frade Vicente do Salvador, que ressaltou o fato de os índios aceitarem de bom grado o dia de “‘São João Batista’, por causa das fogueiras e capelas”.
DEUSES REDUZIDOS A SANTOS
Os historiadores registram que os rituais de colheita e fertilidade eram tão fortes na Idade Média que a Igreja Católica Romana resolveu aproveitá-la, adaptando-a para seu calendário. Ela foi trazida ao Brasil pela colonização portuguesa. A quadrilha e o mastro são elementos do ritual pagão que permanecem até hoje.
Já o culto pirolátrico, próprio da festividade junina, teve início em Portugal, onde antigamente acreditava-se que o estrondo de bombas e rojões tinha a finalidade de espantar o Diabo e seus demônios na noite de “São João”.
Os fogos de artifício e as fogueiras são uma forma de culto da antiguidade, ovacionando as imagens. Mas, por trás delas estão os ídolos. Paulo afirma em 1Coríntios 10.19 que o ídolo não é nada, mas o que se oferece a ele, se oferece aos demônios, e o cristão não pode se envolver com isso.
MALES
Além de conterem o elemento idolátrico, os fogos são perigosos e extremamente poluentes. “Um estudo feito por pesquisadores da Universidade Jawaharlal Nehru, em Nova Déli, Índia, mostrou que fogos de artifício disparados no país em uma festa nacional no ano passado liberaram grande quantidade de ozônio. Esse gás é tóxico e apenas beneficia a vida na alta atmosfera, onde reflete os raios ultravioleta do Sol. O trabalho está publicado na revista Nature”(Folha de São Paulo, Ciência, A6, 28/6/2001).
No Brasil, o uso de fogos de artifício aumenta consideravelmente em junho e julho, em virtude das comemorações dos romanistas a seus santos protetores. Muitas pessoas têm sido mutiladas pelo manuseio do produto, enquanto balões têm causado inúmeros incêndios. A prática dos balões, tão comum nessa época, se vincula à ideia de que, se este subir sem nenhum problema, os desejos de  quem os soltam será atendido. Caso não suba, seria azar.
SINCRETISMO
Em várias regiões do país, com ênfase no Nordeste, religiões como o candomblé homenageiam os orixás, misturando suas práticas ao ritual católico romano. Não é raro ver nessas festas rodas de pagode, música funk, barracas de comida e bebidas variadas. Na Bahia, a festa de Santo Antônio é confundida com a de Ogum, um ídolo guerreiro da cultura afro-brasileira. Contudo, em especial neste Estado, o catolicismo romano mistura-se com a Umbanda e Candomblé, religiões espíritas, sem nenhum constrangimento.
Alguns grupos evangélicos, desavisados, participam dessas festas populares. Outros vão além e, sob alegação de arrecadar fundos, organizam suas próprias festas. Há ainda quem argumente que é melhor ter uma festa junina nas dependências da igreja do que permitir os novos convertidos participarem lá fora. “Isso é muito perigoso, porque a igreja começa a imitar o mundo”, rebate o apologista Paulo Romeiro.
Já o apologista Natanael Rinaldi alerta que a mistura de costumes religiosos, impróprios à luz da Bíblia, pode levar ao envolvimento com práticas herdadas do paganismo, como denunciou apóstolo Paulo: “Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios”, 1Co 10.20.
Comer as iguarias características dessas festas pagãs, tais como milho cozido e pipoca, não é problema, desde que não sejam aquelas oferecidas aos “santos-ídolos”, com objetivo religioso e participativo. Porém, quando oferecidas aos santos-deuses católicos romanos tornam-se sacrifício a ídolos, condenado pelo cristianismo.
PROFANO X SAGRADO
Quando não separamos o sagrado do profano de forma consciente, conforme Paulo ensina em 1Coríntios: “Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus e não quero que sejais participantes com os demônios. Não podeis beber o cálice do SENHOR e o cálice dos demônios: não podeis ser participantes da mesa do SENHOR e da mesa dos demônios”, 1Co 1.20-21.

Paulo, Apóstolo dos gentios, portanto, com autoridade para falar dos cultos idolátricos, próprios dos povos não judeus, embora reconheça que tais ídolos venerados não são nada, a permanência do convertido a Cristo na prática de comer comida oferecida aos mesmos, torna-o contaminado (1Co 8.7) e o SENHOR fala, na oração de Mateus 6, dos costumes próprios de festas juninas com suas rezas (repetições): “...não useis de vãs repetições, como os gentios” (Mt 6.7).
quinta-feira, 12 de junho de 2014

11 MOTIVOS PARA VOCÊ LOUVAR A DEUS

       Não sei o que você tem ouvido por ai, mas olha eu tenho ouvido cada besteira e isso me chateia muito. Grandes gravadoras divulgando músicas que não tem principio bíblico, que vão contra o que a bíblia nos ensina e isso é muito triste. Vejo pessoas cantando a Deus por interesse e não simplesmente por gratidão e amor a Ele.
"Analisar letras de músicas faz com que você veja a verdade nelas. Nem tudo o que é gospel é biblico" #cuidado
Tenho pensado muito em quais motivos me baseio para adorar a Deus e listei 11 deles que quero compartilhar com você e tenho certeza que vão te ajudar a caminhar assim como tem me ajudado.

1) Glorifique a Deus pelo o que você tem visto e ouvido
E voltaram os pastores, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, como lhes havia sido dito. Lucas 2:20

2)Glorifique a Deus pela Misericórdia
E para que os gentios glorifiquem a Deus pela sua misericórdia, como está escrito:Portanto eu te louvarei entre os gentios,E cantarei ao teu nome. Romanos 15:9

3)Dê Sacrifícios de Louvor
Portanto, ofereçamos sempre por ele a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome. Hebreus 13:15

4)Louve a Deus pela salvação
Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar. Atos 2:47

5)Magnifique a Deus
Porque os ouviam falar línguas, e magnificar a Deus. Atos 10:46

6)Nosso Louvor vem de Deus
Mas é judeu o que o é no interior, e circuncisão a que é do coração, no espírito, não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus. Romanos 2:29

7)Louve em voz alta por todas as maravilhas que tem visto
E, quando já chegava perto da descida do Monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, regozijando-se, começou a dar louvores a Deus em alta voz, por todas as maravilhas que tinham visto, Lucas 19:37

8)Reconheça a Ele, Ame-o
Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. Apocalipse 5:12
E ouvi a toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que estão no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. Apocalipse 5:13

9)Louve por que ele te visita e te perdoa
Bendito o Senhor Deus de Israel, Porque visitou e remiu o seu povo, Lucas 1:68
E de todos se apoderou o temor, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta se levantou entre nós, e Deus visitou o seu povo. Lucas 7:16

10)Para que a palavra habite em vós
A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração. Colossenses 3:16

11)Para ser cheio do Espírito Santo
Efésios 5:18 e 19 lemos: "Não vos embriagueis com vinho, em que há devassidão, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor em vosso coração, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo."

Por Que Você Louva a Deus?

Qual desses 11 motivos é o que mais te motiva a louvar a Deus?

Deus abençoe.