segunda-feira, 8 de setembro de 2014

 O CÉU E A SALVAÇÃO



A paz galerinha, como vocês estão?

Hoje vamos meditar sobre as Parábolas do Tesouro Escondido e da Pérola de 
Grande Valor.

“O Reino dos céus é como um tesouro escondido num campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o de novo e, então, cheio de alegria, foi, vendeu tudo o que tinha e comprou aquele campo. O Reino dos céus também é como um negociante que procura pérolas preciosas. Encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo o que tinha e a comprou” Mateus 13.44-46

Fiquei lendo e relendo este trecho e pensei em algumas coisas...

“O Reino dos céus é como um tesouro escondido num campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o de novo e, então, cheio de alegria, foi, vendeu tudo o que tinha e comprou aquele campo” Mateus 13.44

O que levaria uma pessoa a achar um tesouro escondido, ter que esconder 
novamente e vender seus bens para comprar o campo?

Quando encontramos com Jesus, achamos o grande tesouro que nos foi 
escondido. Já nascemos pecadores (quando estiver no céu, vou ter uma 
conversa séria com Adão e Eva rsrs), porém quando entendemos que Jesus 
carregou nossos pecados e pagou um preço pelas nossas vidas, ganhamos 
um grande tesouro: a salvação.

Quem é este homem que escondeu o tesouro? Eu e você, escondemos a 
Palavra do Senhor em nossos corações, ficamos como quem sonha 
(Salmos 126.1) e nossos rostos começaram a refletir a alegria da salvação.


Porque então foi necessário voltar e vender o que já tínhamos para poder 
comprar o campo? Porque carregávamos uma mochila pesada: mentira, 
pornografia, masturbação, falsidade, hipocrisia, roubo, fofoca, maldade, 
etc.. Todos esses “bens” nós vendemos e todos foram comprados lá na cruz,
porque Jesus comprou seus pecados.

A conversão verdadeira trás consigo a mudança, deixamos as nossas mazelas   no altar para sermos tratados por Deus e transformados de glória em glória  
(2 Coríntios 3.18).
 
Você vendeu os pecados e Deus comprou, agora você tem um campo. 
É necessário que a Palavra seja pregada para que outros venham conhecer 
e viver neste campo. Quem você vai chamar para conhecer o campo?

Anuncie o tesouro: salvação.

Faça com que as pessoas queiram conhecer e viver no campo: céu.

“O Reino dos céus também é como um negociante que procura pérolas preciosas. Encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo o que tinha e a comprou” Mateus 13.45-46

Você sabia que as pérolas tem vida? E precisam de cuidados especiais para 
que não morram?


Somos como pérolas preciosas para o Senhor. Deus tinha um único Filho, e 
O vendeu para comprar muitas pérolas.

As pérolas não eram de boa qualidade, algumas estavam com riscos, sem brilho, 
outras rachadas, manchadas, lascadas e sem forma, porém foram levadas ao 
Ourives e Ele tirou a sujeira, algumas pérolas precisaram ser refeitas, outras 
precisaram ser lavadas com sabonete para peças delicadas...

Deus te alcançou para que outras pessoas sejam alcançadas, se você era 
uma pérola que estava suja e ficou limpa, estava rachada e foi refeita, Deus 
te curou e libertou para que outros sejam curados e libertos. Você achou o
 tesouro, porém não o esconda.
sábado, 6 de setembro de 2014

VERSÍCULOS BÍBLICOS SOBRE O AMOR AO PRÓXIMO

Assim, permaneceram agora estes três: a fé, a esperança e o amor. E o maior deles é o amor. 1 Coríntios: 13.13.
Quando Jesus Cristo diz para amar ao próximo, está dizendo para se tomar a decisão de fazer isto.
Isto mesmo, amar ao próximo está ligado a comportamento e não a sentimento, ou seja, tem a ver com bondade, compaixão, respeito, generosidade, paciência, enfim, a estas virtudes que é necessário exercitar para cumprir o determinado por Ele.
Sendo assim, relacionamos alguns versículos que tratam deste tema,o amor ao próximo:
Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’.
Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem. Mateus: 5.43-44.
Amados, amemos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. 1 João: 4.7-8.
Sobretudo, amem-se sinceramente uns aos outros, porque o amor perdoa muitíssimos pecados. 1 Pedro 4.8.
Quem odeia o seu irmão é assassino e vocês sabem que nenhum assassino tem vida eterna em si mesmo. Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos. 1 João: 3.15-16.
Seja constante o amor fraternal. Não se esqueçam da hospitalidade, foi praticando-a que, sem saber, alguns acolheram anjos. Lembrem-se dos que estão na prisão, como se estivessem aprisionados com eles, dos que estão sendo maltratados, como se fossem vocês mesmos que estivessem sofrendo. Hebreus: 13.1-3.
Portanto, como povo acolhido de Deus santo e amado, revista-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência. Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou. Acima de tudo, porém, revistam-se de amor, que é o elo perfeito. Que a paz de Cristo seja o juiz em seus corações, visto que foram chamados a viver em paz, como membros de um só corpo. E sejam agradecidos. Colossenses: 3.12-15.
Que o Senhor faça crescer e transbordar o amor que vocês têm uns para com os outros e para com todos, a exemplo do nosso amor por vocês. 1 Tessalonicenses 3.12.
Façam tudo com amor. 1 Coríntios 16.14.
Esta é a mensagem que vocês ouviram desde o princípio, que nos amemos uns aos outros. 1 João: 3.11
Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ma seu próximo ter cumprido a Lei. Romanos: 13.8.
O amor não pratica o mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento da Lei. Romanos: 13.10.
Pense nisso e deixe o seu comentário.
terça-feira, 2 de setembro de 2014

NÃO SE DEIXE DOMINAR PELA AUTOPIEDADE, AS DIFICULDADES EXISTEM PARA TODOS!

A minha alma tem tédio da minha vida; darei livre curso à minha queixa, falarei da amargura da minha alma. Jó: 10.1.
Se fôssemos traçar o perfil de Jó, diríamos que ele foi um homem de muita fé, paciente, perseverante e muito rico, além de ser conhecido pela sua bondade.
Quando ele proferiu as palavras constantes do versículo tema de nosso texto, estava expressando toda a sua frustração pelo sofrimento que estava passando.
Na realidade, ele começou a ser tomado pelo sentimento de autopiedade, pois não conseguia entender os motivos pelos quais estava passando por todas aquelas dificuldades.
Entretanto, neste texto, não queremos refletir sobre os problemas de Jó ou nos motivos pelos quais ele estava vivendo toda aquela situação e sim em uma das conseqüências daquilo que estava acontecendo com ele, a aflição que tomou conta de sua alma, levando-o a sentir pena de si próprio.
Segundo a Wikipedia, a autopiedade é o sentimento, emoção ou comportamento de alguém sentir pena de si próprio diante de um evento estressante.
Era o caso de Jó que, diante dos problemas pelos quais estava passando, sentiu-se fragilizado e amargurado, a ponto de dizer que daria livre curso às suas reclamações.
Entretanto, infelizmente, essa situação que pode ocorrer diante de uma situação estressante, também pode se tornar um padrão de comportamento, ou seja, deixar de ser uma ocorrência transitória e passar a ser um traço da personalidade do indivíduo.
É importante salientar que quando alguém assume este comportamento, de sentir pena de si mesmo, está querendo expressar, de uma forma resumida, uma das seguintes coisas: “Ninguém me ama” ou “A vida é injusta comigo”.
É evidente que este sentimento aflora quando as coisas não estão indo bem, quando não estão dando certo, quando os problemas surgem, ou seja, geralmente, é diante da aflição que o ser humano sente pena de si mesmo.
Neste ponto do texto, seria interessante formular algumas perguntas: Será que tudo o que está acontecendo não tem um propósito para a vida de quem está passando por esta situação? Será que não se tem nada a aprender com esta tempestade? Será que não é Deus que está permitindo tudo isso, pois quer o crescimento espiritual dos envolvidos? Será que não são dificuldades pelas quais a grande maioria das pessoas passa?
Muitas vezes, o aprendizado, o crescimento como ser humano, a mudança de comportamento, a mudança do estilo de vida só acontece assim, infelizmente alguns de nós só entendem desta forma.
Então, a mensagem de gostaríamos de deixar neste texto é que não existe nenhum motivo para alguém sentir pena de si próprio, Deus nos ama e um pai não ajuda a formar o caráter de seu filho somente fazendo agrados, pelo contrário, muitas vezes é necessário dizer não, entretanto, isto não significa que este filho estará só.
É importante salientar que a vida é injusta com todas as pessoas, esperar que algo de bom venha deste mundo é sonhar com o impossível, por isso só existe um refúgio, Deus.
Sendo assim, não se deixe dominar pela autopiedade, as dificuldades existem para todos, não fique imaginando que existe uma conspiração universal para que as coisas sempre dêem erradas somente para você e que determinadas coisas só acontecem com você ou coisa assim.
A vida é difícil para todos, não existe ninguém que não tenha problemas e a grande sacada é entender a forma de lidar com eles e seguir em frente. Pense nisso e deixe o seu comentário.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Qual o Significado de         Circuncisão Na Bíblia  


Significado de Circuncisão Na Bíblia
Vemos na bíblia que o significado da circuncisão é muito maior do que um simples corte na pele, a circuncisão representava uma aliança que Deus fez com o povo através de Abraão.

Deus mandou que Abraão e seus descendentes guardassem a aliança da circuncisão:
“Todo macho entre vós será circuncidado. Circuncidareis a carne do vosso prepúcio; será isso por sinal de aliança entre mim e vós” (Gênesis 17:10-11)

A lei da circuncisão foi dada a Abraão quando ele tinha 99 anos de idade. Circuncisão era a cerimônia onde era cortado o prepúcio, que é a pele que cobre a cabeça do órgão genital masculino. Esse procedimento é algo bem parecido com a cirurgia de fimose realizada atualmente, veja a foto abaixo:

O que é Circuncisão(Fimose)

A circuncisão era uma marca física que identificava o povo de Deus, além disso a circuncisão foi associada a duas das grandes promessas:
  1. Ele faria uma grande nação dos descendentes de Abraão
  2. Daria-lhes uma terra como herança.

Mesmo aos 99 anos Abraão foi circuncidado e Deus ordenou que ele circuncidasse todos meninos no 8º dia da vida:
“O que tem oito dias será circuncidado entre vós, todo macho nas vossas gerações…” (Gênesis 17:12)
A circuncisão era a única marca que o povo de Deus tinha até que Deus entregou os 10 mandamentos a Moisés(que quase foi morto pelo próprio Deus por não ter circuncidado seus filhos) e partir dai além da circuncisão também era necessário obediência aos 10 mandamentos.

Os incircuncisos não participavam das promessas de Deus. Não faziam parte do povo escolhido, Israel. Homens de outras nações passavam a participar dos privilégios dos judeus somente quando circuncidados.
"Porém se algum estrangeiro se hospedar contigo e quiser celebrar a páscoa ao Senhor, seja-lhe circuncidado todo o homem, e então chegará a celebrá-la, e será como o natural da terra; mas nenhum incircunciso comerá dela." Êxodo 12:48
A circuncisão também era realizada nos escravos que não tinham o sangue Israelita(Judeu), mas que faziam parte do povo.
“todo macho nas vossas gerações, tanto o escravo nascido em casa como o comprado a qualquer estrangeiro, que não for da tua estirpe. Com efeito, será circuncidado o nascido em tua casa e o comprado por teu dinheiro; a minha aliança estará na vossa carne e será aliança perpétua.” Gênesis 17:12-13

Judeus que negligenciavam este mandamento do Senhor não podiam participar das festas especiais que Deus lhes deu.

A circuncisão era tão importante ao povo que Deus não permitiu que eles entrassem na terra prometida. Por que...
  1. Eles não haviam praticado a circuncisão no caminho (Josué 5:7).
  2. Era necessário fazer a circuncisão de todos os machos (Josué 5:8).
  3. Somente depois de cumprir esta ordem, eles podiam celebrar a Páscoa, a festa que os lembrou da salvação da nação das mãos dos egípcios (5:10).
  4. No dia seguinte, começaram a comer do fruto da terra prometida (Josué 5:11-12) e, logo em seguida, começaram a conquistar a terra.
Estes fatos, relacionados às promessas da nação e da terra, reforçam o significado original da circuncisão.

O Que Significa a Circuncisão No Novo Testamento


No Novo Testamento, a palavra circuncisão era usada para identificar aqueles que eram Israelitas(Judeus).

Na igreja primitiva, os apóstolos tiveram diversas controvérsias sobre a circuncisão. Alguns judeus convertidos a Cristo achavam que todos os homens teriam que ser circuncidados para participarem das bênçãos em Cristo, mas Deus nunca disse que as bênçãos espirituais em Cristo dependem da circuncisão da carne.

Paulo e outros discípulos resistiram a essas idéias, e pregaram a salvação pela fé para todos, tanto judeus quanto gentios:
"Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.
É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente,
Visto que Deus é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão." Romanos 3:28-30
"Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará." Gálatas 5:2

"Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor." Gálatas 5:6

"Eu, porém, irmãos, se prego ainda a circuncisão, por que sou, pois, perseguido? Logo o escândalo da cruz está aniquilado." Gálatas 5:11
"Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo, e em todos." Colossenses 3:11

Circuncisão No Coração


Hoje o significado da circuncisão é ainda mais profundo já que agora somos circuncidados não mais na carne mas no coração.
A circuncisão no coração representa nossa conversão genuína, através da nossa fé e obediência a Jesus. Graças a Jesus hoje não precisamos mais marcar nossa carne, mas sim nosso coração!
“Pelo contrário, o verdadeiro judeu é aquele que é judeu por dentro, aquele que tem o coração circuncidado; e isso é uma coisa que o Espírito de Deus faz e que a lei escrita não pode fazer…” (Rm 2. 29 – NTLH)
Embora a circuncisão não tenha valor religioso hoje, ainda aprendemos lições importantes das instruções dadas aos judeus. No ato da circuncisão, eles se tornaram distintos, e Deus removeu o “opróbrio” do pecado (Josué 5:9). Hoje, ele remove o pecado na circuncisão espiritual quando somos sepultados com Cristo no batismo (Colossenses 2:11-13).
“Porque nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos a Deus no Espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne” (Filipenses 3:3).
“Pois nem a circuncisão é coisa alguma, nem a incircuncisão, mas o ser nova criatura” (Gálatas 6:15).

Bônus: Doenças Prevenidas Pela Circuncisão

Se nós pensarmos no contexto de higiene e saúde da epoca que a circuncisão foi instituida por Deus, podemos ver que os planos se Deus vão muito além dos nossos. Atualmente, foi descoberto que a circuncisão pode reduzir os riscos de diversas doenças em homens. Abraão e seu povo viam apenas uma aliança com Deus, mas através dessa aliança Deus garantia uma melhor saúde para aquele povo, que no contexto da época sem os avanços atuais da medicina, com certeza sofriam muito com doenças.

Veja alguns benefícios trazidos pela circuncisão:
  • Diminui a incidência de câncer de pênis
  • Diminui o risco de doenças sexualmente transmissíveis e AIDS
  • Diminui o risco da esposa ter câncer de colo de útero - discutível
  • Diminui o risco das inflamações no prepúcio e na glande (postite e balano-postite)
  • Acaba com o risco da parafimose
  • A circuncisão acaba com a posterior necessidade de tratamento cirúrgico da fimose aos 6 - 8 anos de idade 

MOVIDOS PELO ESPÍRITO

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

MOVIDOS PELO ESPÍRITO 

Lc. 2:25-35



INTRODUÇÃO: O Espírito Santo tem uma grande obra para realizar na vida de todo o crente! O grande problema é que estamos fechados e travados para deixarmos que a operação do Espírito tenha um curso determinante e decisivo em nossas vidas, pois muitos não O conhecem e nem o experimentam, mas apenas ouvem falar dEle sem desenvolver esta intimidade e profundidade relacional om Ele.
Simeão é um exemplo de pessoa que é dirigida e abençoada pelo Espírito Santo, que se revela a ele e o move para ir ao templo quando o menino Jesus era dedicado por isso diante da experiência de Simeão somos levados a perguntar sobre quem de fato move as nossas vidas! Quem move a sua vida? Podemos aprender com a narrativa que:

É O ESPÍRITO SANTO QUE MOVE O HOMEM E PRODUZ AS GRANDES BÊNÇÕES DE DEUS EM SUA  VIDA
ALGUMAS DESTAS GRANDES BÊNÇÃOS PRODUZIDAS PELO ESPÍRITO SANTO NA VIDA DO HOMEM

I-                   O ESPÍRITO SANTO PRODUZ TRANSFORMAÇÃO DE PECADORES EM JUSTOS (V 25)
ü  Só o Espírito Santo transforma homens pecadores em homens justos e tementes a Deus (Jo. 16:8)
ü  As marcas do pecado fazem o homem impotente quanto a viver uma vida justa (Rm. 7:14)
ü  Não existe nenhuma solução humana eficiente para recuperar gente delinquente
ü  A bíblia nos revela que o Espírito Santo é o remédio para todo mau comportamento (Rm. 8:13-14)
ü  Quando o Espírito Santo entra na vida de uma pessoa Ele conduz ao centro da vontade de Deus (Ez. 36:26-27)

II-                 O ESPÍRITO SANTO PRODUZ CONSOLO E ESPERANÇA (V 25 B – 26)
ü  Havia uma expectativa em Simeão em relação a vinda do Messias para Israel
ü  O Espírito Santo revela que ele não morreria antes de ver a promessa cumprida
ü  O Espírito Santo deu a Simeão um consolo especial em relação às suas perspectivas e expectativas
ü  O Espírito Santo é capaz de alimentar nossa alma em consolo e esperança como fez com Simeão (Jo. 16:7) (eu não morrerei sem antes ver o Messias)
ü  Jesus afirma que o Espírito Santo é o nosso consolador sempre presente (Jo. 14:16)

III-              O ESPÍRITO SANTO PRODUZ REVELAÇÃO DOS PLANOS DE DEUS AO HOMEM (V 26)
ü  Quem não tem o Espírito Santo não usufrui o privilégio de conhecer os planos de Deus para si
ü  Mas, os que têm intimidade com Ele vivem tranquilos e seguros nas promessas do Pai (Rm. 8:14)
ü  Simeão vivia dirigido por uma promessa de ver a salvação revelada
ü  Aquele que é fiel sabe que o Deus fiel revela os seus mistérios aos seus filhos (Sl. 25:14; Am. 3:7)
ü  O Espírito Santo sempre revela as profundezas de Deus aos que o são fiéis.

IV-               O ESPÍRITO SANTO PRODUZ A APROXIMAÇÃO DO HOMEM AO SALVADOR (V 27)
ü  Foi o Espírito Santo quem conduziu Simeão ao templo para contato com a promessa
ü  Somente o Espírito pode nos conduzir até o soberano Senhor e salvador (Jo. 16:13)
ü  Imagine a diversidade de crianças apresentada no templo e o Espírito Santo revela entre as muitas a Simeão o salvador
ü  Dentre a gana de opções espirituais oferecidas por aí, saber qual é a certa somente pelo Espírito
ü  As pessoas têm suas dificuldades em dois sentidos: cegueira e morte espiritual (II Co. 4:4; Rm. 3:23; 6:23)
ü  Veja o que o Espírito Santo pode fazer na vida de uma pessoa (Rm. 8:6, 14; II Pe. 1:21; I Jo. 3:24)
CONCLUSÃO: O Espírito Santo na vida de Simeão foi consolo, guia discernimento e agente de mudanças e transformações. Isto comprova que Ele é o maior tesouro que alguém pode ter neste mundo. A leitura de hoje nos possibilita também saber que sem o Espírito Santo a vida é uma aventura com fim trágico

VOCÊ TEM UMA VIDA CORRIDA?

quarta-feira, 2 de julho de 2014

VOCÊ TEM UMA VIDA CORRIDA?

Você tem uma vida corrida?
Como a vida é corrida! Acordamos pela manhã, escovamos os dentes, tomamos café, saímos para trabalhar, estudamos, dormimos novamente...e nisso já se foi um dia, de vários! Não julgo que todos sejam assim, mas escrevo isso porque vejo que essa é a rotina da maioria e penso que muitas vezes nossas expectativas de vida correspondem as exigências das pessoas ou do nosso próprio processo como ser humamo: nascer, crescer, desenvolver e morrer. A verdade é que sempre queremos cumprir isso da melhor maneira possível, ser tudo o que poderíamos ser e fazer tudo o que queremos fazer.
E Jesus? Onde fica nessa história?

Talvez pensamos em Jesus como um amuleto da sorte que só tem utilidade quando estamos em situações embaraçosas pois, do contrário, o deixamos guardado na gaveta por tempos e tempos, e somente eventualmente nos recordamos de sua existência. Será que foi para isso que Ele nos criou? Para vivermos amarrados aos nossos próprios interesses egoístas e julgos? Acho que não, né?!

Acontece que perdemos a essência, a simplicidade de viver, caímos no “mesmo”, e o pior é que esquecemos de Deus. Afinal, é Ele que nos faz andar em novidade de vida, é Ele que faz todas as coisas novas, com Ele não há rotina. Seu Amor nos conduz a uma alegria constante(e isso não se compra!). Ás vezes, então, é necessário organizar ou “desorganizar” algumas coisas, vestir novos conceitos, aceitar novas mudanças, deixar o Espírito do Pai nos guiar em seu propósito, e viver a sua palavra. Já temos uma causa para viver, uma causa para lutar.. Jesus nos entregou isso! Viva a vida que Deus te deu. Mude!
“De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.” Romanos 6:4

Você tem dado tempo para Deus na sua vida?

UM SINAL DA MINHA ALIANÇA

sexta-feira, 27 de junho de 2014

UM SINAL DA MINHA ALIANÇA...

"Após uma chuva forte, Pedro olha para o céu e fala: - Olha mãe! Olha, olha! Um arco-íris!
A mãe olha para o alto e responde: - Verdade filho. Um arco-íris! Lindo não.Pedro ainda olhando para o céu fala: Muito lindo mamãe! Mas o que é o arco-íris?A mãe pensa um pouco e responde: É um sinal do cuidado de Deus para conosco filho..."

Olá pessoas =]
Gostaram da minha estorinha para a introdução? rs
Quantas vezes olhamos o arco-íris apenas como um amontoado de cores que acontece por um fenômeno causado pela dispersão da luz do sol que sofre refração pelas gotas de chuva? (Me senti uma física agora hehe)
Olhamos para o alto e aquele arco lindo aparece onde antes estava um céu cinza e chuvoso, e pensamos: Olha que lindo! e esquecemos do real significado dele... 
Ele não é só esse fenômeno ou um indicador que a chuva passou... ele significa bem mais que isso, ele é o sinal colocado no céu por Deus para indicar a aliança que ele fez conosco há tempos atrás.
E Deus prosseguiu: "Este é o sinal da aliança que estou fazendo entre mim e vocês e com todos os seres vivos que estão com vocês, para todas as gerações futuras:
o meu arco que coloquei nas nuvens. Será o sinal da minha aliança com a terra.
Quando eu trouxer nuvens sobre a terra e nelas aparecer o arco-íris,
então me lembrarei da minha aliança com vocês e com os seres vivos de todas as espécies. Nunca mais as águas se tornarão um dilúvio para destruir toda forma de vida.
Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembrarei da aliança eterna entre Deus e todos os seres vivos de todas as espécies que vivem na terra".
Gênesis 9:8-16
Que a partir de agora, toda vez que vermos um arco-íris possamos lembrar, que por mais que os anos passem, Deus tem um cuidado conosco e o arco dEle está ali, como um lembrete de Estou contigo! E não me esqueço da aliança que fiz com vocês. Deus é o mesmo sempre e nunca esquece de suas alianças e promessas.

Qual foi a última vez que você olhou realmente para um arco-íris?